Obesidade e insuficiência cardíaca em estudo

Bolsa D. Manuel de Mello

27 abril 2011
  |  Partilhar:

O projecto de investigação “Papel do tecido adiposo e da sobrecarga ventricular na fisiopatologia da disfunção diastólica” de André Lourenço, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, recebeu a bolsa D. Manuel de Mello, da Fundação Amélia da Silva de Mello, no valor de 12.500 euros. 

 

Este trabalho, de acordo com o comunicado de imprensa, “permitirá determinar os mecanismos através dos quais a obesidade e a sobrecarga de pressão promovem o aparecimento de disfunção diastólica e insuficiência cardíaca diastólica. O objectivo final deste projecto é a contribuição para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas que possam alterar o curso da insuficiência cardíaca diastólica”.

 

André Lourenço é licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, desenvolve actividades de docência e investigação no Serviço de Fisiologia da Faculdade de Medicina do Porto e integra, desde 2003, a Unidade de Investigação e Desenvolvimento Cardiovascular. Faz parte ainda do Centro de Cirurgia Cardiotorácica e do Serviço de Anestesiologia do Hospital de São João, refere a mesma nova enviada à imprensa.

 

Atribuída pela Fundação Amélia da Silva de Mello, com o apoio e promoção da José de Mello Saúde, a Bolsa D. Manuel de Mello tem edição anual, e tem por objectivo contribuir para o avanço das Ciências da Saúde, premiando jovens médicos, que desenvolvam projectos de investigação clínica.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.