Obesidade: Crianças de Sintra com níveis superiores aos nacionais

Estudo de dietista da Educa

12 julho 2006
  |  Partilhar:

 

Os alunos do primeiro ciclo do concelho de Sintra têm índices de excesso de peso e obesidade superiores aos do resto do País, revela um estudo de uma dietista da empresa municipal de educação, Educa.
 

 

No concelho de Sintra, 35,6% dos alunos entre os seis e dez anos têm excesso de peso ou são obesos, situando-se nos 31,5% essa prevalência a nível nacional. O estudo conclui também que "em ambos os sexos, a obesidade dos progenitores estava significativamente relacionada com um aumento da probabilidade da obesidade na criança".
 

 

O estudo recomenda a elaboração de um "plano de intervenção na área da nutrição infantil que envolva a comunidade escolar, o sector da saúde, particularmente as equipas de saúde escolar, e os encarregados de educação".
 

 

A recolha de dados para o estudo decorreu entre 13 de Março e 24 de Junho de 2004, junto de 125 crianças de entre 06 e 10 anos das escolas oficiais do 1º ciclo do ensino básico do concelho de Sintra, o segundo mais populoso do país. O trabalho teve por base a tese da dietista da Educa, Raquel Ferreira no Curso de Mestrado em Nutrição Clínica da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.