Obesidade aumenta risco de Cancro do Colo do Útero

Estudo britânico avalia 223 mil europeias

22 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

 

 

 

As mulheres com mais de 86 centímetros de cintura correm quase o dobro do risco de desenvolverem Cancro do Colo do Útero, em comparação com as restantes que não ultrapassam os 78 centímetros, sugere um estudo da fundação britânica Cancer Research.
 

 

O estudo, que analisou as informações médicas de 223.000 mulheres de 10 países europeus, também revelou que as obesas e as que ganharam 20 quilos a partir dos 20 anos de idade dobram o risco de desenvolver a doença.
 

A conclusão principal do estudo é a de que existe uma relação directa entre o peso e o Cancro do Colo do Útero, também conhecido como Cancro do Endométrio.
 

 

A Obesidade, a gordura abdominal e o excesso de peso aumentam o risco de desenvolver esta doença entre 75% e 78%, segundo os cientistas. Isto significa que as mulheres com estas características têm uma probabilidade de 1 para 40 de sofrer a doença, em comparação às outras mulheres nas quais a proporção é de 1 para 73. A relação entre o peso e a doença era particularmente evidente em mulheres pós-menopáusicas ou nas que nunca tinham tomado pílula anticoncepcional.
 

 

A líder da investigação, Christine Friendenreich, do Alberta Cancer
 

Board, no Canadá, disse que "esta ampla investigação obteve provas sólidas de que a Obesidade e a distribuição da gordura aumentam o risco de Cancro do Útero".
 

 

Além disso, acrescentou a especialista, são necessárias mais pesquisas para saber porque razões o risco é mais elevado em mulheres obesas que nunca tomaram a pílula ou nunca se submeteram a tratamentos hormonais.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.