«O Silêncio da Memória»

Livro analisa doença de alzheimer em Portugal

10 maio 2004
  |  Partilhar:

«O Silêncio da Memória – o (des)conhecimento da Doença de Alzheimer em Portugal» é o livro que será apresentado amanhã, 12 de Maio, pelas 16:00h, no Centro de Apoio Diurno para doentes de Alzheimer da APFADA - Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer, em Lisboa.
 

 

Trata-se de uma obra que, pela primeira vez, sistematiza de forma alargada um vasto conjunto de conhecimentos sobre esta doença, desde uma completa caracterização da patologia até aos efeitos mais nefastos para o doente, respectiva família e comunidade.
 

 

Numa iIniciativa conjunta da APFADA e dos laboratórios Pfizer, esta obra conta com prefácio de Ana Zanatti, personalidade que teve de enfrentar este drama familiar que é a doença de alzheimer.
 

 

Numa altura em que a doença afecta já 60 mil portugueses, este livro assume-se como um meio de alertar para as necessidades mais iminentes com que se defrontam os doentes e respectivas famílias, uma vez que se trata de uma patologia altamente incapacitante e com impactos económicos e sociais tremendos.
 

 

Caracterizada por problemas cognitivos de memória, linguagem, orientação, e de mobilidade, esta doença leva à perda gradual das mais básicas capacidades. Frequentemente surgem alterações comportamentais que podem incluir depressão, agitação, delírio, agressividade e apatia. Porém, como a doença é crónica e progressiva, é indispensável uma identificação correcta e precoce da doença nas primeiras fases a fim de permitir tratar os doentes e prolongar-lhes a autonomia.
 

 

Segundo dados apresentados pelo European Alzheimer’s Disease Consortium em 2003, surgem cerca de 800 mil novos casos de doença de Alzheimer por ano, na Europa, sendo esta patologia directamente responsável por 50 por cento das situações de dependência em idosos.
 

 

As mulheres apresentam uma prevalência mais elevada da doença, a qual, tal como a demência em geral, aumenta com a idade, em ambos os sexos. Com o envelhecimento da população é de crer que a percentagem de indivíduos com DA registe um progressivo aumento nas próximas décadas.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.