O que beber no próximo ano?

Estudo publicado no “CyTA – Journal of Food”

31 dezembro 2015
  |  Partilhar:
Há coisas muito simples que podemos fazer para melhorar a nossa saúde a partir do próximo ano. E por que não começar a consumir bebidas mais saudáveis?
 
Um grupo de investigadores liderados por Algirdas Liutkevicius decidiu testar duas versões de uma bebida à base de soro de leite. Ambas as bebidas continham vitamina D e fibra dietética prebiótica. Uma delas era enriquecida com fosfato de cálcio e a outra com lactato de cálcio.
 
O objetivo do estudo era verificar até que ponto os aditivos saudáveis que estes investigadores decidiram estudar afetariam as propriedades físico-químicas e sensoriais das bebidas em causa e contribuiriam para a saúde dos participantes.
 
Para avaliar a aceitação do público, vários participantes, que incluíram não só membros do público como também pessoas treinadas, experimentaram as duas bebidas. Em termos de aparência, os participantes não encontraram diferenças relevantes. No caso da bebida que continha fosfato de cálcio, consideraram que não tinha um sabor tão agradável após determinado período de armazenamento.
 
Os resultados do estudo mostraram que após 21 dias a consumir estas bebidas, os participantes revelaram níveis de colesterol LDL e triglicerídeos mais baixos, o que se poderá vir a revelar muito positivo para a saúde de todos eles. 
 
Portanto, de acordo com estes cientistas, a adição de cálcio, vitamina D e fibra dietética prebiótica a bebidas à base de soro de leite pode trazer benefícios para a saúde.
 
Os investigadores concluíram também que “os consumidores podem por vezes abdicar das propriedades sensoriais de uma bebida em prol de outras caraterísticas, como o valor nutricional ou país de origem do produto. No entanto, se as propriedades sensoriais do produto não forem ao encontro das expetativas dos consumidores, é improvável que o produto volte a ser consumido. Hoje em dia, os consumidores podem encontrar facilmente diversos produtos funcionais com os mesmos ingredientes e os mesmos benefícios para a saúde, por isso as propriedades sensoriais não deverão defraudar as expetativas dos consumidores para que eles se sintam encorajados a incluir o produto na sua dieta”.
 
Estudos como este mostram-nos que há pequenas escolhas alimentares que podemos fazer facilmente com vista à promoção da nossa saúde. 
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.