O papel neuroprotetor das células imunes

Estudo publicado na “Nature Communications”

24 julho 2014
  |  Partilhar:

Um tipo de células imunes que se acreditava exacerbarem doenças cerebrais crónicas, como a doença de Alzheimer e esclerose múltipla, podem na verdade proteger o cérebro de danos cerebrais traumáticos e abrandar a progressão de doenças neurodegenerativas, conclui um estudo publicado na revista “Nature Communications”.
 

As microglia são células do sistema imune inato que estão envolvidas na resposta do cérebro após danos ou ao longo de uma doença. Apesar de alguns investigadores acreditarem que a ativação destas células poderia conduzir à inflamação envolvida na destruição das células cerebrais saudáveis, outros especulavam que as microglia tinham um papel protetor.
 

De forma a tentar decifrar qual era de facto o papel destas células imunes, os investigadores liderados por Bruce Trapp, utilizaram um microscópio eletrónico 3D para visualizarem a ativação da microglia e os eventos subsequentes em modelos animais.  
 

O estudo apurou que quando as microglia era quimicamente ativadas, estas células migravam para sinapses inibitórias, ligações entre as células cerebrais que abrandam o disparo de impulsos. Esta migração faz com que ocorra um aumento do disparo neuronal conduzindo a uma cascata de eventos que aumenta a sobrevivência das células cerebrais.
 

“Os nossos resultados sugerem que o sistema imune inato ajuda a proteger o cérebro após danos ou ao longo de doenças crónicas”, disse Bruce Trapp.
 

O investigador acrescentou que o papel protetor das microglia poderia ser utilizado para melhorar o prognóstico dos pacientes com danos cerebrais traumáticos e para atrasar a progressão da doença de Alzheimer, esclerose múltipla e acidente vascular cerebral.
 

“Os métodos desenvolvidos irão ajudar a perceber melhor os mecanismos envolvidos na neuroprotecção”, conclui Bruce Trapp.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.