O papel dos Ómega 3 na prevenção das doenças cardiovasculares

Opinião do internista Pedro Marques da Silva

26 março 2009
  |  Partilhar:

Os benefícios dos ácidos gordos ómega 3 estão comprovados cientificamente e a sua administração é recomendada para diminuir a mortalidade decorrente de doenças cardiovasculares.

 

Esta é a opinião de Pedro Marques da Silva, internista do Hospital de Santa Marta, divulgada nas XXIV Jornadas de Cardiologia e Hipertensão de Almada.

 

Para o mesmo especialista, “é importante que os médicos de uma forma geral, e os especialistas de medicina familiar, em particular, entendam que não estamos a dizer chavões, porque estão comprovados do ponto de vista científico e têm justificação os efeitos benéficos dos ómega 3”.

 

Por exemplo, explica Pedro Marques da Silva, “um doente que fez um episódio esporádico de fibrilhação auricular deve iniciar a profilaxia com um grama de ómega 3 medicamento para evitar o aparecimento de outros episódios”, sublinhando que, por se tratar de uma terapêutica medicamentosa, o ómega 3 deve ser administrado dependendo da tipologia do doente, daquilo que tem e dos objectivos que se pretendem, seja reduzir os lípidos ou a mortalidade”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.