O exercício físico pode aliviar fadiga crónica

Um programa gradual de exercício, ao longo de 3 meses, parece ajudar a combater a fadiga crónica.

25 agosto 2000
  |  Partilhar:

A fadiga, quando crónica, pode representar uma doença. O Síndroma da Fadiga Crónica é caracterizado pela falta de energia para realizar as tarefas do quotidiano e a manutenção de um dia-a-dia de trabalho activo. Investigadores britânicos acreditam que esta falta de actividade estabelece um ciclo vicioso que pode ser quebrado pela realização de exercício físico.
 

 

O Sindroma de Fadiga Crónico é de causa desconhecida e caracteriza-se por dores de cabeça, dores musculares e articulares, aumento do tamanho de algumas glândulas e cansaço debilitante, sintomas que, caracteristicamente, são persistentes.
 

 

Doentes com Sindroma de Fadiga Crónica parecem cansar-se mais facilmente do que doentes deprimidos e pessoas sedentárias, sendo o cansaço, aparentemente, tanto consequência como causa da fraqueza observada naquela doença.
 

 

Um programa gradual de exercício, ao longo de 3 meses, parece ajudar alguns doentes a combater a fadiga crónica.
 

 

Estes achados sugerem que a má-forma física dos doentes parece ser importante na evolução da doença, mas também sugere que estes podem sofrer de degeneração muscular.
 

 

Este trabalho foi publicado na revista Journal of Neurology, Neurosurgery and Psychiatry (2000; 69: 302-307) e difundido pela agência Reuters.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar