O espelho do Homem

Stress e obesidade aumentam em animais de estimação

15 dezembro 2004
  |  Partilhar:

  À medida que a obesidade se transforma numa epidemia mundial entre o Homem, os animais de estimação também não fogem à regra.  Animais de estimação estão a ficar cada vez mais gordos e stressados, de acordo com um estudo realizado na Grã-Bretanha. O estudo encomendado pela seguradora More Than concluiu que quase 80 por cento dos veterinários do país estão a atender mais casos de animais obesos, um fenómeno atribuído à falta de exercício físico e a uma dieta exagerada e desequilibrada.Um quarto dos bichos sofre de stress, hiperactividade e depressão, enquanto 60 por cento dos veterinários dizem estar a tratar mais casos de diabetes e artrite.As razões por trás destas doenças «humanas» incluem o facto de os donos dos animais estarem a passar mais tempo fora de casa e também às mudanças na rotina como a chegada de um bebé ou um novo animal de estimação.A pesquisa foi realizada com cem veterinários e 2,5 mil donos de animais de estimação. «Dá-se muita atenção aos factores como dietas desequilibradas e stress causados por problemas familiares, mas o que estamos a ver é que os animais sofrem de uma forma semelhante», explicou a veterinária Sophie de Pelet, assessora da seguradora, acrescentando que no momento tratam um número maior de doenças, comparando com há dez anos atrás, mas, mesmo assim, o estado de saúde dos animais de estimação está a deteriorar-se na Grã-Bretanha. De Pelet recomenda aos donos para que verifiquem com regularidade o estado de saúde e o peso dos bichos, bem como levá-los a fazer algum exercício físico todos os dias.Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.