O controlo da divisão celular será a próxima arma contra o cancro?

Estudo pioneiro lança pistas acerca dos mecanismos que controlam a proliferação celular.

15 agosto 2001
  |  Partilhar:

Uma das causas do desenvolvimento de tumores é o aparecimento de falhas no controlo dos mecanismos de proliferação celular e uma das características das células cancerosas é a acumulação de um elevado número de mutações alterações na estrutura do DNA) que induzem à “fuga” destas células aos mecanismos naturais que detectam as mutações e a proliferação celular anormalmente rápida.
 

 

A edição de Julho do Nature Cell Biology publicou um trabalho pioneiro da equipa liderada por Steve Reed do Scripps Research Institute, La Jolla, California, que poderá contribuir para a compreensão destes mecanismos reguladores nas células. Estes investigadores utilizaram leveduras que se dividem por um tipo de divisão celular designado gemulação para mostrar a coordenação complexa que, em células normais, regula a replicação do DNA (durante a qual surgem as mutações) e a continuidade da divisão celular.
 

 

Neste estudo, os cientistas verificaram que nestas leveduras, a divisão celular só progride se a proteína homóloga à securina humana – a Pds1p – for degradada. Por sua vez a degradação da Pds1p depende, por um lado, da existência ou não de danos no DNA e, por outro, do facto dos mecanismos subjacentes à divisão celular permanecerem inalterados no fim de cada ciclo de divisão celular. Disto resulta que se existirem danos na estrutura original do DNA – mutações – ou se algum dos mecanismos necessários à divisão celular se encontrar inoperacional, a Pds1p não é degradada e, portanto, a divisão e consequente proliferação celular não progridem.
 

 

Este trabalho pioneiro poderá ser uma arma na luta contra o cancro na medida em que a compreensão da complexidade dos mecanismos que controlam a proliferação celular nas leveduras irá certamente contribuir para a compreensão da forma como se desenvolvem os tipos mais comuns de cancro.
 

 

Joaquina Pereira
 

MNI – Médicos na Internet
 

 

Fonte: Nature
 

 

Nota:A gemulação é uma forma de divisão celular que ocorre em seres unicelulares como as leveduras e em seres multicelulares como os corais e as anémonas do mar. Neste processo, forma-se uma ou mais dilatações no indivíduo progenitor – gemas – que crescem e originam, cada uma delas, um outro indivíduo. O novo indivíduo pode destacar-se do progenitor e tornar-se independente ou pode permanecer a ele ligado dando origem a colónias de indivíduos cooperantes.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.