O clima visto pelas uvas

Cientistas estudam história das temperaturas através da produção vitivinícola

31 janeiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Cientistas franceses ganharam uma aliada inusitada no estudo da variação da temperatura no país. Graças à cultura da uva, uma equipa de investigadores franceses conseguiram fazer uma inédita reconstituição histórica das temperaturas máximas e mínimas registadas na área durante a Primavera e o Verão.
 

 

Um grupo de cientistas de várias instituições de pesquisa da França usou os registros rigorosos feitos pelos produtores de vinho desde 1370. Os resultados mostraram que o Verão de 2003 - cujas altas temperaturas causaram diversas mortes em cidades francesas -, por esse indicador, mostrou-se um dos mais severos desde o século XIV.
 

 

Apesar de outras séries de temperaturas elevadas terem sido registadas nas décadas de 1520, 1630 e 1680, a série do Verão de há dois anos só pode ser comparada com o ano de 1523. Naquele ano, o desvio registado em relação à média foi de mais 4,10 ºC, enquanto em 2003 a diferença foi de 5,86 ºC positivos.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.