Nuvem tóxica em Murcia obriga 180 mil pessoas a permanecerem em casa
28 janeiro 2002
  |  Partilhar:

Uma nuvem tóxica provocada por um incêndio numa empresa de
 

fertilizantes paralisou a actividade numa zona industrial de
 

Murcia, sueste de Espanha, obrigando cerca de 180 mil pessoas a permanecerem em suas casas.
 

 

A nuvem composta por vapor de água pode "provocar
 

problemas nos olhos e garganta, pelo que é necessário fechar as janelas e desligar os sistemas de ar condicionado", informou hoje o governo autónomo de Murcia.
 

 

A presença da nuvem, que ontem atingiu bairros da cidade
 

de Cartagena, Murcia, obrigou as autoridades a pedir à população para não sair de casa.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.