Número de horas de sono influi na longevidade da mulher

Estudo publicado na revista “Sleep Medicine”

12 outubro 2010
  |  Partilhar:

O segredo para a longevidade da mulher pode estar no número de horas que esta dorme por noite, aponta um estudo da University of California, em San Diego, EUA, publicado na revista “Sleep Medicine”.

 

Liderados por Daniel Kripke, os cientistas acompanharam o padrão de sono de 459 mulheres de San Diego, com idades entre os 50 e 81 anos, entre 1995 e 1999, para determinar se a duração do sono poderia estar associada à mortalidade. Passados 14 anos, 444 dessas mulheres foram localizadas e reavaliadas. Do total, 86 tinham morrido.

 

Estudos anteriores, baseados em questionários sobre os hábitos de sono, associavam 6,5 a 7,5 horas de sono por noite a uma maior esperança de vida. A equipa de Kripke, que na década de 90 usou monitores de pulso para registar a duração do sono, confirmou essas conclusões, mas com uma pequena diferença. Os estudos de Kripke indicam que as mulheres que dormiam menos de 5 horas e mais de 6,5 horas por noite tinham menos hipóteses de estarem vivas após 14 anos. Segundo os cientistas, a conclusão deve aliviar o sentimento de culpa das mulheres por dormirem pouco.

 

Outro dado interessante foi o facto de ter sido constatado que a apneia do sono (pausas na respiração durante o sono) não aumentou o risco de morte nas mulheres com mais de 60 anos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.