Número de doentes em diálise aumenta

Dados apresentados no Congresso Português de Nefrologia

18 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

Em 2004, o número de doentes em diálise em Portugal aumentou para 8.454 face aos 7.547 em 2003, segundo um estudo apresentado na semana passada durante o Congresso Português de Nefrologia. No entanto, o número de doentes em diálise peritoneal diminuiu apesar das vantagens evidentes face à alternativa que obriga a passar várias horas por dia nos hospitais.
 

 

Este estudo envolveu cerca de 1200 doentes em todo o país e foi coordenado por António Vaz Carneiro, coordenador do departamento de estudos da Sociedade Portuguesa de Nefrologia (SPN) e de Manuel Pestana, Presidente da Comissão Científica da SPN e Director do Serviço de Nefrologia do Hospital S. João – Porto. A Biofarmacêutica Amgen financiou o projecto mantendo a SPN a responsabilidade e independência científica do mesmo.
 

 

Durante o congresso foi apresentado o mais recente equipamento de hemodiálise, um processo terapêutico de purificação do sangue da Fresenius Medical Care Portugal. A empresa garante que o novo sistema, designado por Série 5008, contribui para a diminuição da mortalidade dos doentes em diálise, na medida em que reduz o risco das complicações cardiovasculares, que são a causa de mais de 50 por cento das mortes daqueles doentes. O aparelho também tem a vantagem dos doentes fazerem autodiálise no domicílio.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.