Nozes protegem coração

Consumo do fruto ajuda a reduzir riscos de doenças cardíacas

24 junho 2002
  |  Partilhar:

Comer uma pequena dose de nozes duas ou mais vezes por semana pode reduzir os riscos de doenças cardíacas fatais, concluíram os autores de um novo estudo, divulgado por investigadores do Brigham and Women s Hospital, da cidade norte-americana de Boston.
 

 

Segundo os cientistas, as dietas das populações mediterrâneas - ricas em consumo de nozes e peixes – são reconhecidas por serem «boas» para o coração. Muitos tipos de nozes são também uma fonte saudável de gordura não saturada, magnésio e vitamina E.
 

 

Neste estudo, a líder da investigação, Christine Albert, verificou que o consumo de nozes de mais de 21 mil homens que participaram do Estudo da Saúde dos Médicos dos Estados Unidos, iniciado em 1982.
 

 

A especialista descobriu que os voluntários que consumiam pouco menos de 30 gramas de nozes duas vezes por semana, no mínimo, tinham 47 por cento menos risco de sofrer uma morte cardíaca súbita dos que os não comiam o fruto.
 

 

A médica também percebeu que esse grupo tinha 30 por cento menos de hipóteses de morrer em sequência de doença cardíaca. A mesma correlação, no entanto, não se aplicava a enfartes não fatais. Houve 201 mortes cardíacas súbitas e 566 óbitos por doenças cardíacas entre as pessoas acompanhadas ao longo de 17 anos.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.