Novos robôs usam gravidade para andar

Investigação será usada para a fabricação de próteses

02 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

Cientistas norte-americanos criaram robôs bípedes que caminham aproveitando a força da gravidade, seguindo o princípio simples da dinâmica passiva, o que implica uma poupança máxima de energia.
 

 

Três deles, apresentados recentemente na reunião anual da Associação Americana para o Avanço das Ciências, mostraram ter capacidade autónoma de equilíbrio, com pernas que funcionam como um duplo pêndulo em cima de pés curvos e com braços que ajudam a manter o equilíbrio.
 

 

Pequenos motores eléctricos alimentados por pilhas de intensidade muito fraca accionam as articulações e permitem ao robô controlar os passos e adaptar-se às irregularidades do terreno.
 

 

As máquinas deste tipo desenvolvidas até agora utilizavam motores em todas as articulações, o que implicava um grande consumo de energia, assinalaram os cientistas.
 

 

Um dos robôs, com apenas 43 centímetros de altura e desenhado por Russ Tedrake, do Instituto de Tecnologia do Massachusetts (MIT), utiliza sensores que ajustam a máquina e adaptam o seu movimento ao terreno. Também pode andar para trás, parar e mudar de direcção.
 

 

Segundo afirmam os cientistas num artigo publicado na revista Science, a investigação do «desenho dinâmico passivo proporcionará um maior conhecimento da mecânica e do controlo da forma com que caminham os seres humanos, tendo em vista a produção de próteses».
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.