Novos dados sobre antidepressivos e risco de suicídio em jovens

Estudo American Journal of Psychiatry

12 julho 2007
  |  Partilhar:

 

Os adolescentes e jovens adultos que tomam antidepressivos correm menos riscos de tentar o suicídio que os deprimidos sem tratamento, segundo um estudo publicado no American Journal of Psychiatry.
 

 

Os novos dados contradizem as conclusões de 2004 da Agência Norte-Americana dos Alimentos e Medicamentos (FDA) que considerou alguns medicamentos como potenciadores do comportamento suicida em jovens.
 

 

Este novo estudo baseou-se nos antidepressivos de tipo SSRI, entre os quais a sertralina e a fluoxetina, fármacos que modificam o humor reequilibrando o nível de serotonina no cérebro.
 

 

“O risco de tentativa de suicídio entre os doentes tratados com medicamentos de tipo SSRI corresponde mais ou menos a um terço do dos pacientes que não recebem tratamento”, assegura Robert Gibbons, da University of Illinois, em Chicago, um dos autores do estudo.
 

 

A investigação foi conduzida junto de 226.866 pacientes cuja Depressão foi detectada entre 2003 e 2004, e comparou o risco de suicídio entre quatro grupos de diferentes idades, antes e depois do tratamento com SSRI.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.