Novo tratamento para cancro hepático

Médicos americanos anunciam descoberta

31 janeiro 2006
  |  Partilhar:

 

Médicos norte-americanos desenvolveram um tratamento de radiação centralizada combinada com quimioterapia que conseguiu prolongar a vida dos pacientes com cancro hepático, segundo um relatório divulgado pela revista Journal of Clinical Oncology.
 

 

Até agora, a cirurgia tem sido a melhor forma de atacar esse tipo de cancro que causará neste ano cerca de 667 mil mortes no mundo, 83% delas nos países em desenvolvimento, segundo números da Sociedade do Cancro dos EUA.
 

 

Cientistas do Centro de Oncologia da University of Michigan, chefiados por Edgar Ben-Josef, professor de radiação oncológica da faculdade de medicina da mesma universidade, disseram que o novo tratamento conseguiu prolongar, de maneira considerável, a vida dos seus pacientes. O tratamento consiste, principalmente, em centralizar a radiação sobre o tumor e não na totalidade do fígado, como tem sido feito até agora.
 

 

Ao mesmo tempo, a quimioterapia aplicada tem 400 vezes mais medicamento que num tratamento convencional. "Esta combinação é fornecida com uma força intensa que permite chegar directamente ao tumor e limita a exposição do tecido normal à radiação", explicaram os cientistas.
 

 

No estudo, os pacientes receberam radiação duas vezes por dia, durante duas semanas, em conjunto com a aplicação contínua de quimioterapia com o fármaco floxuritine, que foi fornecido mediante um cateter na artéria que alimenta directamente o fígado. Os pacientes descansaram durante 14 dias antes de passarem novamente pelo processo durante outras duas semanas.
 

 

A sobrevivência típica de doentes de cancro hepático é entre oito e nove meses, mas com o tratamento a que se submeteram 128 pacientes, a média foi de 15,8 meses. Com o novo método, os pacientes com cancro no fígado viveram uma média de 15,2 meses; com cancro no conduto hepático, 13,3 meses e aqueles que apresentavam cancro de cólon, 17,2 meses.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.