Novo tratamento para a hemofilia

Descoberta evita hemorragias

28 setembro 2003
  |  Partilhar:

Um novo tratamento à base de produtos geneticamente concebidos permite melhorar a qualidade dos hemofílicos. O novo produto promove a coagulação sanguínea e evita as hemorragias, sem recorrer à albumina animal ou humana - usada geralmente no processo de cultura da célula, purificação e formulação final - que colocava os doentes em risco de contraírem doenças priónicas, como o vírus do Nilo ou a doença de Creutzfeldt-Jakob.
 

 

De acordo com o Diário de Notícias desta segunda-feira, o novo medicamento oferece aos doentes uma segurança patogénica nunca antes conseguida. As hemorragias incontroladas características da hemofilia são provocadas pela insuficiência na produção do factor VIII por parte das células. Os investigadores conseguiram que essas células se reproduzissem, recorrendo a nutrientes como o amido e o açúcar, mas sem utilizar proteínas como acontecia até aqui.
 

 

Apesar de tudo, o processo continua a ter por base uma célula animal que provém do ovário do rato chinês. Uma das grandes vantagens desta descoberta é o facto de ela poder ser utilizada profilacticamente de forma a evitar hemorragias. Os cientistas esperam poder aumentar o tempo de vida da molécula de forma a diminuir o número de injecções necessárias, especialmente nos casos crónicos.
 

 

O produto, desenvolvido pela Baxter, vai ser produzido na Suíça e já foi aceite pelo Food and Drug Administration, que regula a entrada de novos medicamentos nos EUA. A Comissão Europeia ainda não aprovou a comercialização do medicamento, no entanto os responsáveis da Baxter mostram-se optimistas.
 

 

Fonte. Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.