Novo tipo de células embrionárias com resultados prometedores
26 julho 2001
  |  Partilhar:

Experiências com animais apontam um novo campo de aplicação para as polémicas células stem embrionárias, depois de se ter conseguido implantá-las no cérebro de um macaco e terem permitido devolver movimentos a um rato paralisado.
 

 

Ambas as experiências, uma das quais está descrita na edição de hoje da revista Science, foram possíveis a partir das células embrionárias obtidas em fetos humanos resultantes de abortos terapêuticos.
 

 

A polémica em torno deste tipo de células, que já se sabe serem capazes de se diferenciar em potencialmente qualquer tecido, decorre do facto de procederem de embriões humanos e numerosos grupos conservadores sustentarem que o seu objectivo deve ser, exclusivamente, o de criar vida.
 

 

No entanto, e é nisto que as duas experiências mencionadas apresentam características diferentes, as células embrionárias, ou precursoras (stem cells) utilizadas foram recolhidas em fetos que nunca poderiam ser viáveis.
 

 

A experiência com o macaco, realizada por cientistas da Universidade do Colorado e de Harvard, em Massachusetts, demonstrou que talvez seja possível tratar graves problemas do cérebro, incluindo durante a gestação do feto.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.