Novo teste experimental à urina poderá indicar apendicite

Estudo publicado nos “Annals of Emergency Medicine”

28 junho 2009
  |  Partilhar:

Um novo teste à urina poderá vir a indicar um dia a apendicite de uma forma mais rápida e mais precisa do que os testes actualmente em uso, revela um estudo publicado nos “Annals of Emergency Medicine”.

 

A apendicite é o motivo mais comum de cirurgias de urgência nas crianças. No entanto, a obtenção do diagnóstico de apendicite é, muitas vezes, um desafio e um diagnóstico incorrecto poderá conduzir tanto a uma cirurgia desnecessária como a uma ruptura do apêndice com graves complicações.

 

Os investigadores do Proteomics Center at Children's Hospital Boston, EUA, após terem analisado amostras de urina de seis pacientes com apendicite e seis sem apendicite, identificaram 32 biomarcadores possíveis associados a esta doença, aos quais adicionaram, mais tarde, outros 25 marcadores identificados em estudos genéticos.

 

Depois de terem investigado a presença destes 57 marcadores em 67 crianças com apendicite, os cientistas concluíram que existiam sete biomarcadores que estavam associados à apendicite. Destes sete, um foi o eleito, a glicoproteína rica em leucina, dado que conduziu a um menor número de resultados falso positivos ou falso negativos.

 

Com base nos resultados encontrados, os autores deste estudo esperam desenvolver um teste clínico rápido que poderá ser amplamente utilizado para identificar crianças e adultos com apendicite. O co- autor da investigação, Hanno Steen, acredita que este teste poderá diagnosticar a apendicite em 30 minutos, o que irá diminuir o número de cirurgias desnecessárias.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.