Novo teste detecta droga através do ar expirado

Estudo publicado no “Journal of Analytical Toxicology”

17 junho 2010
  |  Partilhar:

O ar exalado pode detectar a presença de anfetaminas e metanfetaminas no organismo, aponta um estudo do Instituto Karolinska, na Suécia, publicado no “Journal of Analytical Toxicology”.

 

Embora os cientistas tenham tentado encontrar novas alternativas aos exames usados actualmente para despiste de droga, que necessitam de amostras de urina ou de sangue, até ao momento tem-se revelado extremamente difícil desenvolver outra forma de despiste. Dai a importância dos resultados deste estudo, segundo explicou em comunicado de imprensa o líder do estudo, Olof Beck. "Os nossos resultados abrem caminho para um novo tipo de teste de drogas, que é simples e seguro de se realizar, que não viola a integridade e que não necessita de acompanhamento de pessoal médico."

 

Neste estudo, os cientistas pediram a 12 pessoas com overdose provocada pelo consumo de anfetaminas e metanfetamina, atendidas numa urgência hospitalar, para respirarem durante 10 minutos para uma máscara especialmente concebida: o ar expirado foi recolhido e posteriormente passado por um filtro, que fixou as substâncias ilícitas. Esses filtros foram analisados, utilizando cromatografia líquida combinada e espectrometria de massa, técnicas que altamente sensíveis.

 

Para comparar os resultados, também foram recolhidas amostras de sangue e de urina. Em todos os casos de droga verificados pelos testes à urina e ao sangue, também foram despistados no ar exalado.

 

"Os resultados são convincentes e muito promissores. O estudo é o primeiro a relatar a possibilidade de medir a droga no ar expirado, e representa uma descoberta única. Temos agora de avançar para outras drogas, que são de interesse para este tipo de teste e desenvolver métodos de amostragem e de análise. Um instrumento como um teste de balão para as drogas seria a solução ideal visando, por exemplo, o despiste do consumo de droga entre condutores ", concluiu Beck.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.