Novo programa de Luta Contra a Sida em discussão a partir de Dezembro

Declarações de Henrique Barros lançam celeuma

12 outubro 2006
  |  Partilhar:

Um novo programa de prevenção e combate à Sida vai ser colocado em discussão pública, a partir de 1 de Dezembro, segundo o coordenador nacional da luta contra o VIH/SIDA, Henrique Barros, que admitiu o “falhanço” do actual programa. "Os resultados mostram claramente que sim", respondeu Henrique Barros quando questionado pela Lusa sobre se o programa ainda em curso tinha falhado. O responsável adiantou que o futuro programa começará a ser discutido junto de técnicos até 1 de Dezembro e nessa data terá início o debate público formal sobre a proposta do Governo, cujo conteúdo não avançou. Henrique Barros garantiu, no entanto, que as contenções na área da Saúde não afectarão o fornecimento de medicamentos de última geração de combate à SIDA nos hospitais portugueses. No entanto, em entrevista à Lusa, o especialista em Medicina Interna, Eugénio Teófilo, afirmou que algumas administrações hospitalares exercem "pressão" para que não se adquiram determinados medicamentos por serem mais caros. Sem especificar quais as administrações, disse que, no entanto, desconhece qualquer normativa do Governo nesse sentido. Em reacção às declarações de Henrique Barros, também as associações “Abraço”, “Positivo” e “Sol” afirmam estar "à beira da ruptura" por falta de financiamento e "na eminência de fechar as portas aos projectos já aprovados". Em Portugal, o Programa das Nações Unidas para a SIDA (ONUSIDA) aponta para a existência de 32 mil pessoas infectadas. Fontes: Lusa, Público e Diário de Notícias MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.