Novo meio de tratamento selectivo de tumores

Revista cientifica publica novo estudo

09 novembro 2004
  |  Partilhar:

Investigadores da Universidade do Texas encontraram um meio de orientar os tratamentos anti-cancerosos directamente para os tumores, deixando intactos os tecidos sãos, informa uma revista científica norte-americana.«É a estratégia mais eficaz para atingir as células cancerosas, muito claramente superior às utilizadas até agora e que recorrem a vírus para encaminhar substâncias anti-cancerosas para os tumores», afirmou Michael Andreeff, autor de um estudo hoje publicado na revista do Instituto Nacional do Cancro.As investigações, efectuadas em ratinhos e que poderão ser desenvolvidas em ensaios clínicos dentro de um ano, utilizam células estaminais humanas mesenquimais (MSC), regeneradores naturais dos tecidos do corpo que utilizam os tumores cancerosos para se desenvolver.Os cientistas manipularam estas células estaminais para codificar células de interferon beta, um poderoso agente anti- canceroso tóxico, e utilizaram-nas à maneira de um míssil guiado para atingir e destruir os tumores.Ratinhos aos quais fora induzido um cancro humano do tórax sobreviveram 60 dias ao serem tratados com este método. Outros ratinhos aos quais apenas se injectou interferon beta viveram 40 dias, em comparação com 37 dias no caso de animais não tratados.As células estaminais mesenquimais provêm da medula óssea e podem transformar-se em qualquer tecido - músculo, tendão ou epiderme - segundo as necessidades de reparação.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.