Novo medicamento mostra eficácia contra a Sida

Fármaco mais potente para doentes resistentes aos retrovirais

11 julho 2004
  |  Partilhar:

Novos testes confirmaram a eficácia de um novo medicamento contra a sida, o Fuzeon, uma solução de reserva para doentes resistentes aos antiretrovirais, foi hoje anunciado na 15/a Conferência internacional sobre a doença em Banguecoque.Estes ensaios a longo prazo confirmaram as conclusões de testes anteriores que tinham permitido a homologação do fármaco em Março de 2003. A molécula de enfuvirtida comercializada sob o nome Fuzeon fez baixar a carga viral (quantidade de vírus no sangue) ao ponto de a tornar indetectável.Também o número de células CD4, atacadas pelo vírus, aumentou consideravelmente, reforçando o sistema imunitário, indicou o grupo farmacêutico suíço Roche e o laboratório norte-americano Timeris. Vários doentes em risco de vida puderam assim encontrar uma vida normal, sendo que, a longo prazo, o Fuzeon mostrou que mantinha toda a sua eficácia sem comportar efeitos secundários, precisaram as mesmas fontes. Cerca de 56 por cento dos doentes continuam a tomar o medicamento após 96 semanas, segundo a mesma fonte.O Fuzeon permitiu bloquear a entrada de vírus nas células imunitárias humanas CD4, impedindo que a membrana em redor do vírus se fundisse com a da célula-alvo, o que explica a sua denominação de «inibidor de fusão» ou «de entrada». Os outros tratamentos anti-HIV apenas actuam sobre a célula já infectada.Homologada desde Março de 2003 nos Estados Unidos pelo departamento norte-americano que gere os medicamentos (Food and Drug Administration), o Fuzeon obteve em Maio de 2003 a aprovação da Comissão europeia.Apesar das vantagens, o Fuzeon tem como inconveniente o facto de ser administrado por via intravenosa, bastante caro (53 euros por dia) e de ter de ser conservado a baixa temperatura, tornando a sua utilização delicada em vários países quentes muito afectados pela doença, nomeadamente na África sub-saariana.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.