Novo medicamento contra a sida produzido na Alemanha

Cientistas inibem acção de enzima responsável pela reprodução do vírus

07 janeiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Uma equipa de cientistas da Universidade de Hamburgo criou um novo medicamento contra a sida que, embora não a cure, trava o seu desenvolvimento ao impedir o crescimento dos vírus, anunciou a instituição.
 

 

Segundo o Instituto de Virologia daquela universidade alemã, os resultados da investigação, coordenada pela professora Ilona Hauber, serão publicados na edição de Janeiro da «Journal of Clinical Investigation».
 

 

Os cientistas conseguiram inibir a acção de uma enzima humana (deoxyhypusin synhtase) de que dependem os vírus da sida para se reproduzirem. Os medicamentos contra a sida actuais atacam enzimas do próprio vírus, sendo o agora desenvolvido o primeiro a actuar contra uma enzima humana. Com isso espera-se poder atacar os vírus da SIDA resistentes aos medicamentos conhecidos. Existem actualmente em todo o mundo 40 milhões de doentes com sida, de acordo com dados do instituto.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.