Novo gene pode combater a sépsis

Estudo publicado na revista “Nature”

27 outubro 2015
  |  Partilhar:
Uma equipa internacional de investigadores identificou um gene que pode potencialmente conduzir ao desenvolvimento de novos tratamentos para a sépsis, dá conta um estudo publicado na revista “Nature”.
 
A sépsis é uma infeção grave generalizada que ocorre como complicação de uma infeção já existente, e caso não seja detetada rapidamente pode conduzir ao choque sético e à falha de múltiplos órgãos, com taxas de morte a rondarem os 50%.
 
Estudos anteriores já tinham apurado que a sépsis ocorre quando moléculas conhecidas como lipopolissacarídeos (LPS), encontradas na superfície de algumas bactérias, desencadeiam uma resposta imunitária que conduz à autodestruição das células. Contudo, ainda não estava perfeitamente claro como este processo era de facto ativado.
 
No estudo os investigadores da Universidade Nacional Australiana, na Austrália, e do Instituto de Investigação Médica Garvan, nos EUA, constataram que a proteína gasdermina-D desempenhava um papel importante na sépsis.
 
Os investigadores demonstraram que gasdermina-D habitualmente existe nas células na forma inativa. Quando as moléculas de LPS entravam dentro das células desencadeavam uma enzima denominada por caspase que retirava a parte química protetora da gasdermina-D o que consequentemente conduzia à autodestruição das células.
 
Após terem feito o rastreio de milhares de genes, os investigadores isolaram o gene que codifica a gasdermina-D.
 
Na opinião de um dos autores do estudo, Nobuhiko Kayagaki, este estudo irá ajudar os investigadores a entenderem e a tratarem outras doenças para além da sépsis. 
 
“A identificação da gasdermina-D dá-nos um melhor conhecimento não apenas da sépsis, como também de outras doenças inflamatórias”, disse o investigador.
 
“Este achado é a chave que pode potencialmente desbloquear a nossa capacidade de travar esta doença, antes que esta coloque em risco a vida dos pacientes”, conclui, um outro auto do estudo, Christopher C. Goodnow.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.