Novo fármaco promissor no tratamento da Insónia

Estudo publicado na "Nature Medicine"

05 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

 

Um grupo investigadores suíços que estuda a Narcolepsia, doença que provoca nas pessoas um adormecimento súbito, produziu um fármaco promissor para o tratamento da Insónia.
 

 

No estudo publicado na semana passada na edição on-line da revista "Nature Medicine", os cientistas relatam como conseguiram reverter o problema, ao bloquear a acção do neurotransmissor orexina no cérebro de animais e pessoas.
 

 

A equipa que publicou o estudo, liderada por François Jenck, do laboratório suíço Actelion, conseguiu produzir um fármaco anti-insónia que imita a acção da orexina em pacientes narcolépticos.
 

 

A orexina é importante para manter o estado de vigília e é uma moléculas ausente no cérebro dos narcolépticos. Por isso, os portadores dessa doença não conseguem dormir e acordar em ciclos normais.
 

 

O medicamento foi testado em roedores e cães e também foram efectuados testes clínicos em humanos para determinar a segurança e a eficácia do fármaco, afirma Roland Haelfi, relações públicas da Actelion.
 

No momento, os cientistas estão a efectuar estudos para avaliar a dosagem ideal para o medicamento.
 

 

Os investigadores afirmam que até o fim deste ano devem iniciar um ensaio clínico de fase 3 - uma avaliação mais pormenorizada da acção do fármaco -, que permitirá ao laboratório pedir licença para iniciar a comercialização.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.