Novo fármaco para a Osteoporose aumenta densidade óssea durante mais tempo

Estudo do laboratório farmacêutico Merck

21 setembro 2008
  |  Partilhar:

O laboratório farmacêutico Merck Sharp anunciou, em comunicado de imprensa, o desenvolvimento de um fármaco que aumenta a densidade óssea durante mais tempo em mulheres pós-menopáusicas, diagnosticadas com osteoporose ligeira.
 

 

A novidade foi apresentada na semana passada na conferência anual da American Society for Bone and Mineral Research.
 

 

Trata-se do odanacatib, que funciona ao inibir a enzima catepsina K, responsável pela descalcificação do osso. De acordo com o comunicado, o efeito mantém-se activo por um período de dois anos.
 

 

Nos testes realizados durante dois anos pela farmacêutica foi verificado que o odanacatib aumentou a densidade óssea da coluna vertebral em 5,5% e da anca em 4%.
 

 

O estudo foi realizado em 400 mulheres, com uma média etária de 64, divididas em dois grupos, um dos quais recebeu 50 miligramas do fármaco e um outro placebo. Todas receberam suplementos de cálcio e de vitamina D.
 

 

Art. Santora, líder da investigação clínica da Merck, explicou que, com os tratamentos existentes no mercado, geralmente, o aumento da massa óssea ocorre apenas no primeiro ano de tratamento, mas com o odanacatib a massa óssea continuou a aumentar no segundo ano de tratamento.
 

 

Perante estes resultados, a Merck pretende agora avançar com um estudo internacional mais alargado, que irá contar com a participação de 17 mil mulheres.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.