Novo fármaco para a Enxaqueca reduz 62% das crises em três meses de medicação

Dados da segunda fase de ensaio clínico

22 junho 2008
  |  Partilhar:

Uma nova categoria de medicamentos destinada a combater as crises de Enxaqueca mostrou resultados promissores na fase II de ensaio clínico, divulgou, em comunicado de imprensa, o laboratório responsável pelo seu desenvolvimento, a GlaxoSmithKline.
 

 

Tonabersat é o primeiro de uma nova classe de medicamentos, denominados “bloqueadores de junção neuronal”, capazes de reduzir a actividade excessiva do cérebro.
 

 

A fase II do ensaio clínico mostrou uma resposta significativa à medicação, ao demonstrar uma redução maior que 50% nas crises de Enxaqueca ao fim de três meses de administração do fármaco.
 

 

Comparada ao placebo, observou-se uma diminuição de 62% nas crises dentro do grupo que usou tonabersat e de 45% para os que tomaram placebo.
 

 

Houve também uma redução importante do uso de analgésicos para a dor de cabeça dentro do grupo medicado. No terceiro mês do estudo, os que usaram o novo fármaco reduziram em 60% o uso de analgésicos, comparados com uma redução de 34% nos que usavam placebo.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.