Novo fármaco mostra-se promissor no tratamento da leucemia

Estudo publicado no "Cancer Research"

11 novembro 2009
  |  Partilhar:

Cientistas irlandeses e italianos descobriram uma nova fórmula para o tratamento da leucemia, revela um estudo publicado na revista "Cancer Research". A nova fórmula foi resultado apenas de testes realizados em laboratório.

 

O estudo foi desenvolvido por cientistas do Trinity College Dublin (TCD), na Irlanda, em conjunto com cientistas da Universidade de Siena, Itália, e de dois hospitais irlandeses, o St James's Hospital e o Belfast City Hospital.

 

Denominado "PBox-15" (pyrrolo-1,5-benzoxazepine-15), o novo fármaco mostrou-se eficaz a destruir as células cancerígenas extraídas de pacientes com leucemia com fraco prognóstico e que tinham desenvolvido resistência a outros tratamentos.

 

No estudo, os investigadores, liderados por Mark Lawlor, retiraram amostras de sangue a 55 pacientes com leucemia linfocítica crónica (CLL) que ainda não tinham iniciado tratamento. A partir dessas amostras, os cientistas isolaram os glóbulos brancos afectados pela leucemia e expuseram-nos, em laboratório, à PBox-15. Foi também avaliado o efeito do fármaco em células normais da medula óssea retiradas de três dadores saudáveis.

 

Foi verificado que o PBox-15 conseguiu destruir as células cancerosas, mesmo aquelas que tinham características associadas a um pior prognóstico. Os cientistas constataram que o PBox-15 foi mais eficaz do que o fludarabina, um citotástico (anticanceroso) que inibe o crescimento de células cancerígenas, e que ele também funcionava em pacientes resistentes a este fármaco.

 

Os testes permitiram ainda determinar que o fármaco actuava melhor sobre as células afectadas pelo CLL do que sobre células normais da medula óssea.

 

Os cientistas preparam-se agora para iniciar as fases seguintes do estudo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.