Novo fármaco mais eficaz contra a hepatite C em fase de testes

Estudo da Cardiff University

26 maio 2010
  |  Partilhar:

Investigadores da Faculdade de Farmácia da Cardiff University, no Reino Unido, iniciaram os primeiros testes clínicos de um novo fármaco desenvolvido para tratar infecções causadas pelo vírus da hepatite C, revela a universidade, em comunicado de imprensa.

 

O novo fármaco, denominado “INX-189”, é administrado por via oral e foi desenvolvido em Novembro de 2008. Testes realizados em laboratório mostraram que o fármaco matou 90% dos vírus, tornando-se um dos compostos mais eficazes desenvolvidos até à data.

 

A empresa farmacêutica que possui autorização para testar o fármaco já iniciou testes em voluntários saudáveis, de modo a avaliar a sua segurança. Numa segunda fase de testes, que deverá arrancar ainda este ano, será avaliada a eficácia do fármaco em pacientes com hepatite.

 

"Esta é ainda uma fase muito inicial do processo de testes clínicos. No entanto, os progressos têm sido encorajadores.

 

Acreditamos que o INX-189 oferece a possibilidade de uma maior eficácia contra a hepatite, uma acção mais rápida no fígado e menos efeitos secundários que os provocados pelos tratamentos existentes", explicou o investigador Chris McGuigan.

 

Actualmente, o tratamento da hepatite C é feito através da administração conjunta de dois fármacos: a ribavirina e o interferão. Os efeitos secundários deste tratamento são, muitas vezes, severos, conduzindo ao abandono da terapêutica.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar