Novo fármaco é promessa contra a ejaculação precoce

Laboratório anuncia fase final de estudos clínicos

31 maio 2011
  |  Partilhar:

O laboratório farmacêutico Ampio Pharmaceuticals está em fase final de testes de um novo fármaco para tratar a ejaculação precoce, e, segundo um comunicado enviado à imprensa, os resultados são estatisticamente significativos.

 

O fármaco, cujo princípio activo é o cloridrato de tramadol, é tomado quando necessário, antes da actividade sexual e não precisa ser tomado diariamente, alerta a mesma nota de imprensa. Este fármaco já tem vindo a ser utilizado para o alívio de dor desde meados da década de 1990. No entanto, e como a Ampio Pharmaceuticals é especializada em testar medicamentos anteriormente aprovados para encontrar tratamentos para novas indicações, verificou, através de estudos clínicos, que este actuava na ejaculação precoce.

 

Segundo o laboratório, “a análise dos resultados excedeu as expectativas”. A empresa espera que os dados do estudo permitam que o fármaco seja aprovado e regulado na Europa, mas, por enquanto, não mencionou planos de introdução no mercado americano.

 

A ejaculação precoce é a disfunção sexual masculina mais comum, que atinge cerca de 23% de todos os homens com idades entre 18 e 75 anos, aponta o mesmo comunicado.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar