Novo estudo sobre a Aspirina

Investigação evidencia vantagens associadas à toma deste medicamento antes de uma cirurgia de desvio coronário (“bypass”)

29 agosto 2005
  |  Partilhar:

Através de um estudo publicado na Revista Americana do Coração, um grupo de investigadores norte-americanos dirigida por R. Scott Wright, do Minnesota, concluiu que a toma de aspirina nos dias anteriores a uma operação de coração aberto pode aumentar as hipóteses de sobrevivência do doente.A investigação centrou-se em 1.636 pacientes que foram sujeitos à sua primeira operação de desvio coronário ("bypass") entre 2000 e 2002. As conclusões deste estudo contraria o receio dos médicos relativamente à associação entre a toma de ácido acetilsalicílico e o aumento do risco de hemorragia durante a cirurgia, facto que tem levado muitos clínicos a desaconselhar a toma deste fármaco antes da intervenção. Os pacientes que tomaram aspirina antes da operação tiveram um risco de hemorragia de 3,5 por cento, mais 0,1 por cento do que os que não tomaram.Scott Wright declarou: "Se toma aspirina, não deixe de tomar, mas se não toma, é aconselhável tomá-la antes da operação". O perito da Clínica Mayo de Rochester baseia esta recomendação no facto de a taxa de mortalidade entre doentes que tomavam este fármaco ser de 1,7 por cento, aumentando para 4,4 por cento nos doentes que não tomavam.Fonte: Lusa MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.