Novo alvo terapêutico pode ajudar a tratar um terço dos cancros

Estudo realizado pelo Instituto Max Planck

07 novembro 2014
  |  Partilhar:

Investigadores alemães descobriram uma forma de impedir uma das falhas mais comuns associadas a vários tipos de cancro, dá conta um estudo apresentado na conferência National Cancer Research Institute (NCRI) Cancer que ocorreu em Liverpool, no Reino Unido.
 

Neste estudo, os investigadores do Instituto Max Planck, na Alemanha, descobriram uma nova estratégia e um potencial novo alvo de tratamento que envolve uma proteína sinalizadora denominada por Ras, que se encontra alterada em cerca de um terço dos cancros.
 

Quando a proteína Ras viaja do centro da célula para a membrana, fica ativada e envia sinais que indicam às células para crescerem e se dividirem. A variante alterada desta proteína faz com que sejam produzidos sinais em demasia, o que conduz ao desenvolvimento do cancro.
 

A comunidade científica tem, ao longo de várias décadas, tentado atingir esta proteína, mas sem sucesso. Isto deve-se ao facto de esta não apresentar à sua superfície uma característica fundamental, o que impede que as moléculas terapêuticas se liguem e desativem a proteína.
 

Neste estudo, os investigadores conseguiram agora impedir que a Ras se movesse até à superfície da célula, bloqueando uma proteína responsável pelo seu transporte, em vez de a atingirem diretamente, . Ao ter por alvo a reação em cadeia que ativa a proteína Ras, os investigadores criaram oportunidades para o desenvolvimento de novos tratamentos.
 

Os investigadores referiram que estão há anos a tentar encontrar uma solução para um dos enigmas mais antigos envolvidos na investigação do cancro e que estão muito entusiasmados com o facto de terem encontrado uma forma, ainda que indireta, de atingir esta proteína.
 

Os autores do estudo acrescentaram que esta investigação ainda está nos estádios iniciais e que são necessários vários anos até que estes resultados possam beneficiar os pacientes, mas foi dado um passo importante para a sua concretização.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.