Novas Doenças Infecciosas exigem solidariedade

Alerta da OMS

27 agosto 2007
  |  Partilhar:

 

Novas doenças infecciosas surgem actualmente a um ritmo sem precedentes, avisou a Organização Mundial de Saúde (OMS), apelando para uma melhor cooperação internacional para fazer face aos riscos sanitários de século XXI.
 

 

O documento apresentado em Genebra pela directora-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) exorta as autoridades de saúde internacionais a apostar na prevenção, monitorização e controlo de doenças que, segundo os especialistas, são fortes candidatas a fazer parte do grupo das epidemias.
 

 

Entre as doenças contagiosas que estão no topo das prioridades da OMS encontram-se a cólera, a febre-amarela e a febre hemorrágica.
 

 

No entanto, os novos riscos sanitários incluem não só as epidemias mas também doenças de origem alimentar, de acidentes ou de ataques químicos, biológicos ou nucleares, a poluição industrial e as mudanças climáticas “que podem pôr em causa milhões de pessoas em vários países”.
 

 

A OMS introduziu este ano um novo Regulamento Sanitário Internacional, aplicável nos seus 193 Estados Membros, que estipula a maneira como os países devem avaliar e notificar a OMS das urgências de saúde pública de nível internacional.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.