Nova técnica detecta cancro da pele precocemente

Estudo publicado na revista “ACS Nano”

17 agosto 2010
  |  Partilhar:

Investigadores da Washington University em Saint Louis, nos EUA, desenvolveram uma substância que aumenta a visibilidade das células de cancro da pele, através de um sistema de imagem médica avançada que combina o ultra-som e a luz, permitindo aos médicos detectar o melanoma, um dos tumores mais fatais.

 

O diagnóstico precoce é a chave para aumentar a esperança de vida dos pacientes com melanoma. Caso seja detectado no início, a taxa de sobrevivência aos 5 anos ronda os 98% mas, se for diagnosticado num estado avançado, ela decresce para 15%. Actualmente, as técnicas de imagiologia para a detecção precoce do melanoma usam materiais radioactivos potencialmente prejudiciais e produzem imagens de baixa qualidade, que possibilitam "ver" apenas uma fracção de dois centímetros e meio  abaixo da pele. Neste estudo publicado na revista “ACS Nano”, a equipa liderada por Lihong Wang e Younan Xia, referem ter desenvolvido uma técnica promissora, denominada “tomografia fotoacústica” (PAT, sigla em inglês), que poderá resolver estes problemas.

 

O sistema dispara uma luz nos tumores, que aquece um pouco as células cancerosas e produz ondas sonoras de alta frequência que fornecem as imagens do tumor. Contudo, o sistema PAT não possui um bom contraste que torne as células tumorais visíveis. Mas os cientistas também resolveram este problema, tendo desenvolvido um agente de contraste ao anexarem a nanopartículas de ouro um péptido que entra nas células tumorais.

 

Quando injectado em ratinhos com cancro da pele,este agente de contraste tornou a qualidade das imagens das células cancerosas três vezes melhor do que a das imagens obtidas com as nanopartículas sem este péptido. Segundo os cientistas, estas nanopartículas de ouro também se mostram promissoras a matar as células cancerosas da pele, usando o calor, ou em fármacos contra o cancro.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.