Nova técnica de autópsia sem abrir o corpo

Estudo da Universidade de Leicester

05 maio 2011
  |  Partilhar:

Cientistas da Universidade de Leicester, Reino Unido, conseguiram desenvolver uma nova técnica cirúrgica que permite realizar autópsias sem necessidade de abrir o corpo para examinar os órgãos vitais, utilizando apenas um scanner e uma pequena incisão no pescoço.

 

Este novo método foi testado em 33 cadáveres e provou ser capaz de conseguir determinar com sucesso a causa da morte em 80% dos casos. Mais especificamente, os cientistas usaram tomografia axial computadorizada ou TAC para detectar contusões, fracturas e cancro no corpo. Além disso, para investigar o coração realizaram uma pequena incisão no pescoço para inserir um cateter nas artérias coronárias e através do qual injectaram ar, seguido de uma tinta branca (meio de contraste), e procurar sinais que mostrem a presença de doença cardíaca.

 

Segundo Sarah Saunders, líder da equipa de investigadores, haverá outros testes para estabelecer plenamente a eficácia deste novo método, já que, segundo esta cientista, oferece "uma abordagem muito diferente da autópsia". A especialista reconhece também que, "a primeira coisa que precisamos é de uma base significativa de evidências para convencer os patologistas e médicos legistas de que a autópsia com TAC pode fornecer exactamente as mesmas informações que a tradicional".

 

Esta nova técnica é uma das várias que estão a ser estudadas para desenvolver uma alternativa à autópsia convencional, que por vezes pode causar problemas nalgumas famílias ou comunidades que se opõem por motivos religiosos. Além disso, Saunders afirma que a abordagem oferecida por esta técnica pode ser mais rápida e rentável que os métodos não-cirúrgicos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.