Nova pílula elimina período menstrual

FDA aprova fármaco

24 maio 2007
  |  Partilhar:

 

A Food and Drug Administration (FDA), entidade que regula o mercado norte-americano dos medicamentos, aprovou a primeira pílula contraceptiva que elimina, por completo, o período menstrual.
 

 

A embalagem do novo contraceptivo contém 28 comprimidos com doses baixas de hormonas (90 microgramas de progesterona e 20 microgramas de estrogénio). Ao contrário de outros contraceptivos orais, que contêm 21 comprimidos reais e sete placebos (uma substância inerte), este é livre de placebos e é tomado de forma contínua, durante todo o ano, sem quaisquer interrupções.
 

 

A segurança e eficácia do fármaco foram testadas pelo laboratório Wyeth, que contou com a participação de 2475 mulheres, com idades entre os 18 e os 49 anos. O estudo foi publicado na revista científica “Contraception”, em Dezembro último.
 

 

Os efeitos secundários desta nova pílula são idênticos aos das pílulas convencionais, tal como o aumento do risco de coágulos sanguíneos, enfartes do miocárdio e embolias. A FDA alerta ainda que as mulheres fumadoras têm um risco acrescido de desenvolver problemas cardiovasculares devido à combinação entre o estrogénio e a progesterona.
 

 

Em Portugal, a pílula já foi proposta ao Comité de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) no primeiro trimestre deste ano e aguarda aprovação.
 

 

Fonte: Público e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.