Nova pílula do dia seguinte entrará em breve no mercado europeu

Fármaco apresentado no Congresso da Sociedade Europeia de Ginecologia

11 setembro 2009
  |  Partilhar:

Uma nova pílula do dia seguinte, que pode ser tomada até cinco dias após uma relação sexual desprotegida, ao contrário das 72 horas das actuais pílulas do dia seguinte, foi apresentada durante o Congresso da Sociedade Europeia de Ginecologia, que decorre esta semana em Roma, Itália.

 

O novo método contraceptivo de urgência tem por base uma nova molécula: a ulipristal. Segundo o estudo que avaliou a eficácia do fármaco em 1.241 mulheres, este conseguiu evitar 60% das gravidezes esperadas.

 

O fármaco já recebeu autorização para entrar no mercado europeu, mas aguarda ainda o parecer da Agência Europeia de Medicamento (EMEA) sobre o "plano de gestão de risco", destinado a acompanhar as gravidezes expostas a esta nova molécula.

 

Segundo o laboratório responsável, o HRA Pharma, o preço da nova pílula, que variará de país para país, será mais alto do que o das actuais pílulas do dia seguinte, mas ficará abaixo dos 50 euros. O fármaco só poderá ser comprado mediante receita médica.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.