Nova investigação aconselha mastectomia a grupos de risco

Mulheres saudáveis mas com mutações genéticas devem retirar o peito, defende estudo polémico

18 julho 2001
  |  Partilhar:

As mulheres saudáveis, mas pertencentes aos grupos de risco em desenvolver cancro da mama, devem submeter-se à mastectomia (remoção dos peitos usada em casos deste tipo de tumor), segundo um estudo efectuado por investigadores alemães e publicado recentemente no «New England Journal of Medicine».
 

 

A notícia caiu como uma “bomba” nos pares da comunidade cientifica e está a gerar uma acesa polémica na Alemanha.
 

Na experiência realizada pelos investigadores, nenhuma das mulheres que decidiu submeter-se à operação preventiva de remoção dos peitos, desenvolveu este tipo de cancro. Em comparação, o outro grupo que também tinha as mutações genéticas, propícias ao aparecimento de cancro, mas que não fez a intervenção cirúrgica, acabou por, em alguns casos, sofrer da doença. Uma das mulheres chegou mesmo a morrer.
 

 

Da análise dos dados, os investigadores alemães encontraram evidências de que fazer mastectomias às mulheres que fazem parte do grupo de risco de potenciais portadoras de cancro da mama pode salvar vidas.
 

 

Apesar do optimismo apresentado neste estudo, especialistas médicos de todo mundo têm vindo a contrariar estes novos dados. E alegam que as mutações genéticas encontram-se em todas as células do corpo, pelo que o risco do cancro da mama não pode ser totalmente anulado.
 

 

Adaptado por: Paula Pedro Martins
 

 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte:ElPais
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.