Nova infecção sexual ultrapassa a Gonorreia

Estudo publicado no “American Journal of Public Health”

03 outubro 2007
  |  Partilhar:

O Mycoplasma genitalium, agente de uma Doença Sexualmente Transmissível (DST) identificada pela primeira vez nos anos 80, ultrapassou a Neisseria gonorrhoeae, agente etiológico da Gonorreia em jovens dos EUA, de acordo com um novo estudo publicado no “American Journal of Public Health”.
 

 

Investigadores da University of Washington-Seattle, EUA, testaram 1714 mulheres e 1218 homens, com idades dos 18-27 anos, que fizeram parte do Wave III do National Longitudinal Study of Adolescent Health. Foi identificado o Mycoplasma genitalium em 1% dos participantes, a Neisseria gonorrhoeae em 0,4% e a Chlamydia em 4,2%.
 

 

Verificou-se também que o Mycoplasma genitalium era 11 vezes mais comum em pessoas que viviam com um parceiro sexual, sete vezes mais comum em negros, e quatro vezes mais comum nos que utilizaram preservativo na última relação vaginal.
 

 

Mycoplasma genitalium pode causar inflamação da uretra nos homens e inflamação do colo do útero e endométrio em mulheres. A maioria dos casos é assintomática; nenhum dos infectados participantes no estudo reportou descargas.
 

 

Segundo Lisa Manhart, principal autora do estudo, não há testes comerciais para o microrganismo. A investigadora também fez notar que não se sabe "se as pessoas infectadas com M. genitalium requerem ou beneficiam do tratamento, e se sim, que terapêutica antimicrobiana se deve recomendar." Manhart disse, no entanto, que é "provavelmente muito cedo para recomendar um rastreio generalizado para M. genitalium."
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.