Nova ferramenta detecta Cancro pela análise da pele

Estudo da Queensland University of Technology

24 janeiro 2008
  |  Partilhar:

 

Uma nova tecnologia, baseada nas máquinas que calculam a composição corporal, promete detectar alguns tipos de cancro de forma rápida, segura e sem dor.
 

 

A ferramenta foi desenvolvida por investigadores da Queensland University of Technology, na Austrália.
 

 

Jye Smith, do departamento de Física e Química da universidade, desenvolveu a técnica de diagnóstico usando um tipo de Espectroscopia de Impedância Electroquímica e refere que através dela é possível diagnosticar Cancro do Colo do Útero e da Pele.
 

 

A impedância electroquímica mede as características eléctricas dos tecidos do corpo e é usada em ginásios e clínicas de nutrição para calcular a quantidade de tecido magro, água e gordura no organismo. “Apenas recentemente foi aplicada para determinar células cancerosas, saudáveis ou mortas”, explicou Smith.
 

 

A técnica consegue captar as mudanças dentro das células, membranas celulares e entre as células. A vantagem deste método, segundo o cientista, é que o paciente não necessita de anestesia e as informações são recolhidas imediatamente.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.