Nova estirpe do vírus da Sida identificada em EUA

HIV mais resistente a medicamentos

23 fevereiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Uma variação rara do vírus da Sida--extremamente contagiosa e resistente às drogas existentes contra o HIV-- foi identificada num paciente de Nova Iorque (EUA). A descoberta levou as autoridades sanitárias a intensificarem as advertências para que a comunidade homossexual pratique sexo seguro.
 

 

O Departamento de Saúde da cidade informou que a nova estirpe, conhecida como 3-DCR VIH, não responde a três tipos de medicamentos anti-retrovirais e também apresenta um intervalo menor entre a infecção por HIV e o desenvolvimento da doença.
 

 

O primeiro caso foi diagnosticado no início deste mês num homem com pouco menos de 50 anos, que disse ter feito sexo anal sem protecção e com muitos homens.
 

 

«Precisamos estar atentos», considerou o chefe do serviço de saúde, Thomas Frieden. O especialista afirma que os homens que tenham praticado sexo sem segurança com outros homens --particularmente os que usaram a droga metanfetamina em cristais-- devem ficar alerta.
 

 

A identificação da nova estirpe de HIV ocorreu logo depois do diagnóstico, também em Nova Iorque, de dois homens com um tipo raro de clamídia, uma doença sexualmente transmissível. Segundo Frieden, os dois casos devem servir de alerta para a comunidade gay. «Esse grupo reduziu com sucesso o risco de HIV na década de 80 e terá de fazê-lo novamente para conter a devastação causada pela Sida e a disseminação de estirpes resistentes a medicamentos», advertiu.
 

 

Traduzido por:
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.