Nova estirpe da superbactéria NDM-1 identificada em França

Dados do Instituto Nacional de Saúde francês

24 agosto 2010
  |  Partilhar:

Uma mulher que esteve hospitalizada na Índia e que foi transferida este mês para um hospital francês é portadora de uma segunda estirpe da superbactéria NDM-1, resistente aos antibióticos, noticia a agência Lusa.

 


Patrice Nordmann, especialista do Instituto Nacional de Saúde e Investigação Médica francês (Inserm), referiu que a mulher foi transferida em meados de Agosto de um hospital do sul da Índia, depois de uma intervenção cirúrgica, para um hospital de província em França, período entre o qual desenvolveu uma infecção urinária. O especialista garantiu, no entanto, que a paciente se encontra bem de saúde.

 


De acordo com Patrice Nordmann, estas situações vêm confirmar e justificar as medidas anunciadas pelo director-geral de saúde francês, Didier Houssin, que alertou para a necessidade de detectar as bactérias multirresistentes em casos de transferência de doentes de outras unidades hospitalares. “Confirma igualmente que a origem da superbactéria se encontra no subcontinente indiano”, disse ainda o especialista francês.

 


A nova superbactéria é resistente a quase todos os tipos de antibióticos, incluindo aqueles geralmente reservados para emergências e para o tratamento de infecções multirresistentes.

 


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.