Norte-americanos abusam de drogas e de álcool

22 milhões de pessoas sofrem de dependência

06 setembro 2003
  |  Partilhar:

No ano passado, 22 milhões de norte-americanos abusavam ou eram dependentes de drogas ilegais e/ou de álcool. São milhões de grandes consumidores até agora desconhecidos das autoridades de saúde e muito poucos aqueles que receberam tratamento para a sua dependência, revela um estudo do Governo.
 

 

O estudo nacional sobre o consumo de droga, divulgado na sexta-feira pela agência norte-americana que estuda e coordena os problemas de saúde mental e o abuso de sustâncias, revela que 19,5 milhões de americanos utilizaram drogas ilícitas em 2002, dos quais 7,7 milhões deveriam receber tratamento. Os principais consumidores são os jovens entre os 18 e os 25 anos: pelo menos um em cada cinco usam frequentemente drogas (pelo menos um consumo por mês).
 

 

Ao interrogarem 68 mil norte-americanos com 12 anos ou mais, os investigadores concluem que a marijuana continua a ser a droga de eleição, com 14,6 milhões de utilizadores no mês anterior à entrevista. Por sua vez, a cocaína era usada frequentemente por dois milhões de norte-americanos. Os alucinogéneos, como o ecstasy, tinham sido eleitos por 1,2 milhões de pessoas nos EUA.
 

 

O estudo revela, com base em projecções, que 54 milhões de pessoas tinham bebido ocasionalmente álcool no último mês, mas quando o faziam era em grande quantidade: cinco ou mais bebidas por ocasião. Outros 16 milhões de norte-americanos eram grandes consumidores, tendo ingerido cinco ou mais bebidas por dia durante pelo menos cinco dias no mês anterior.
 

 

Fonte:Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.