No caminho para uma vacina contra o cancro da próstata

Identificado gene que codifica proteínas de membrana nas células tumorais

03 abril 2001
  |  Partilhar:

Investigadores norte-americanos apresentaram ontem no colóquio Experimental Biology 2001 a descoberta de um gene que codifica proteínas de membrana específicas de células tumorais na próstata de ratos. Estas proteínas podem ser vistas como antigenes, moléculas que são reconhecidas pelo sistema imunológico e que desencadeiam uma resposta imunológica.
 

 

A equipa procurou um possível gene correspondente a tumores da próstata de humanos, em bases de dados genéticas e afirmam ter encontrado. Denominaram-no SPAS-1 de Stimulator of Prostatic Adenocarcinoma Specific T Cells.
 

 

O próximo passo será usar o antigene para produzir a “vacina” que poderá ser usada para travar ou até curar cancros da próstata em doentes afectados ou para administrar em pessoas geneticamente predispostas para este tipo de cancro como forma de prevenção.
 

 

De qualquer forma os estudos em humanos só terão início daqui a, pelo menos, 2 anos. Até lá, os investigadores esperam aprender mais sobre o assunto em ratos e noutros primatas.
 

 

Adaptado por
 

Helder Cunha Pereira
 

MNI – Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters Health

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.