Nível elevado de proteína C eleva risco de cancro colo-rectal

Estudo confirma ligação entre inflamações recorrentes e doença

04 fevereiro 2004
  |  Partilhar:

Um nível elevado de proteína C reactiva (CRP) no sangue é um factor que pode multiplicar por dois e meio o risco de cancro colo-rectal, indica um estudo hoje publicado por uma revista médica norte- americana.A proteína, que é produzida pelo fígado, surge naturalmente no sangue durante uma infecção e desaparece quando os anticorpos entram em acção. Os investigadores fizeram o estudo para verificar a hipótese de uma relação de causalidade entre inflamações frequentes e o aparecimento do cancro colo-rectal. «Este estudo demonstra que as concentrações elevadas de CRP estão fortemente associadas ao desenvolvimento do cancro do cólon em pessoas que em princípio não pareciam afectadas por esta doença», escreveram os autores do estudo, dirigidos por Thomas Erlinger, dos Institutos Médicos John Hopkins de Baltimore (Maryland).O estudo envolveu 22.887 adultos entre Maio e Outubro de 1989, com um controlo em Dezembro de 2000. No total, foram identificados 172 casos de cancro colo-rectal. As concentrações de CRP no início do estudo eram superiores nas pessoas que acabaram por contrair cancro. O risco parece multiplicado por 2,5 e a relação entre a CRP e o cancro parece ainda mais forte entre os não fumadores, segundo o estudo, publicado na edição de hoje do Journal of the American Medical Association.Os investigadores consideram « necessários outros estudos para confirmar estes resultados e determinar as suas implicações na despistagem» deste cancro, que mata cerca de 57 mil pessoas por ano nos EUA e atinge tanto homens como mulheres. Em 2003 foram identificados 147.500 novos casos nos Estados Unidos, de acordo com dados da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO).Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.