Níveis elevados de vitamina B12 poderão ser indicadores de cancro

Estudo publicado no “Journal of the National Cancer Institute”

21 novembro 2013
  |  Partilhar:

Apesar de a vitamina B12 ser essencial para a manutenção da função corporal saudável, níveis superiores à gama de valores normais, que se encontram entre os 200 e os 600 pmol/L, podem indicar que o paciente está em risco de desenvolver determinados tipos de cancro, sugere um estudo publicado no “Journal of the National Cancer Institute”.
 

De forma a averiguar se havia uma associação entre níveis elevados de vitamina B12, também conhecida como cobalamina, e o risco de desenvolvimento de determinados tipos de cancro, os investigadores do Hospital Universitário de Aarhus, na Dinamarca, utilizaram registos médicos de 333.667 pacientes sem cancro que tinham sido referenciados para serem submetidos a um teste para determinação dos níveis de cobalamina.
 

Para o estudo foram excluídos os pacientes que tinham sido diagnosticados com cancro antes das análises realizadas ao plasma e aqueles que também estavam a ser sujeitos à terapia com cobalamina.
 

Os investigadores apuraram que, no geral, o risco de cancro aumentou com níveis mais elevados de cobalamina, especialmente durante o primeiro ano após as medições e para níveis superiores a 800 pmol/L. Foi verificado que, após cinco anos de acompanhamento, o risco de cancros hematológicos, ou os associados ao álcool e cancro, permaneceu elevado para os pacientes com níveis de cobalamina maiores que 800 pmol/L.
 

Os autores do estudo concluíram que níveis plasmáticos elevados de cobalamina aumentam o risco de diagnóstico de cancro subsequente, principalmente no primeiro ano de acompanhamento.
 

Contudo, um dos autores do estudo, Johan Arendt, referiu que níveis elevados de cobalamina, não estão provavelmente associados com uma normal ingestão de vitamina B12, uma vez que o consumo de alimentos que contêm cobalamina não aumenta substancialmente os níveis desta substância no plasma. Em vez disso os níveis elevados de cobalamina podem ser resultantes de algum processo maligno e desconhecido.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.