Nitroglicerina pode aumentar a densidade óssea

Estudo publicado no JAMA

28 fevereiro 2011
  |  Partilhar:

Uma investigação preliminar do Instituto de Pesquisa da Women's College e da Universidade de Toronto, no Canadá, indica que o uso de uma pomada de nitroglicerina, durante dois anos, entre as mulheres na pós-menopausa foi associado com um modesto aumento da densidade mineral óssea e a uma diminuição da perda ou reabsorção óssea. Os resultados do estudo foram publicados no “Journal of American Medical Association"(JAMA).

 

A nitroglicerina é usada como um medicamento para dilatar os vasos sanguíneos no tratamento de doenças cardíacas, como a angina ou a insuficiência cardíaca crónica. Os cientistas, liderados por Sophie A. Jamal, avaliaram a eficácia da aplicação da pomada uma vez ao dia para aumentar a densidade mineral óssea na coluna vertebral, colo do fémur e anca.

 

O ensaio clínico foi realizado entre Novembro de 2005 e Março de 2010 e incluiu 243 mulheres na fase pós menopausa. As participantes foram aleatoriamente designadas para usar uma pomada de nitroglicerina (15 mg por dia) ou um placebo, aplicados ao deitar na parte superior do braço durante dois anos. Os investigadores descobriram que, em comparação ao placebo, as mulheres do grupo de nitroglicerina mostraram um aumento significativo na densidade mineral óssea da coluna lombar (6,7%), da anca (6,2%) e fémur (7%) em 24 meses.

 

As voluntárias que usaram nitroglicerina também mostraram um aumento em certas medidas da densidade mineral óssea e da resistência óssea do rádio e da tíbia. Além disso, comparado com o placebo, o tratamento com nitroglicerina foi associado a um aumento da fosfatase alcalina óssea, um marcador da formação óssea, e uma diminuição do N-telopéptido na urina, um marcador de perda óssea.

 

A incidência dos eventos adversos graves não diferiu entre os dois grupos. As mulheres que continuaram o tratamento durante 24 meses relataram dores de cabeça: 40% no grupo que recebeu nitroglicerina e 6% no grupo do placebo durante o primeiro mês, tendo estas diminuindo significativamente após 12 meses.

 

Os resultados sugerem que a administração de nitroglicerina diariamente pode reduzir o risco de fracturas vertebrais e não vertebrais. Além disso, os nitratos têm como principal vantagem serem administrados mais facilmente, como pomadas, patchs ou comprimidos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.